Trabalho jornalístico no “Panama Papers” valeu prémio Pulitzer

O Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, o grupo McClatchy e o Miami Herald, que juntaram um grupo de 400 jornalistas para examinarem os Documentos do Panamá, receberam o prémio Pulitzer por reportagem interpretativa.

Este grupo de jornalistas expôs a forma como políticos, criminosos e pessoas ricas desviam dinheiro para contas em paraísos fiscais, também designados como locais ‘offshore’, através da análise daqueles documentos, também designados pela expressão em Inglês “Panama Papers”.

Considerados os prémios mais prestigiantes do jornalismo que se faz nos EUA, os Pulitzer são atribuídos em 14 categorias de jornalismo, fotografia, crítica e comentário de jornais, revistas e sítios na internet.

Pin It on Pinterest