Polícia Marítima auxilia alegada vítima de agressões

A embarcação e a tripulação da estação salva-vidas e agentes da Polícia Marítima do Comando-local de Olhão auxiliaram e retiraram ontem, dia 9 de maio, da ilha da Culatra, uma residente, na sequência de alegadas agressões. A alegada vítima apresentava vários hematomas por todo o corpo.

A Polícia Marítima tomou conta da ocorrência, tendo a alegada vítima solicitado assistência hospitalar, pelo que, foi requerida a presença de equipa do INEM no local que, após observação, decidiu transportá-la para o Hospital de Faro.

Dos factos será elaborado o respetivo expediente e comunicado ao Ministério Público – DIAP de Faro.

Pin It on Pinterest