CMF investe 300 mil euros em caminho agrícola em São Martinho

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, anunciou ontem, após a Reunião de Câmara semanal, um investimento de 300 mil euros no alargamento do caminho agrícola da Ribeira da Ponte das Laranjeiras, em São Martinho.

O caminho em questão “vai criar um novo acesso fundamental aos terrenos desta zona agrícola do concelho, valorizando a prática da agricultura, com as condições necessárias para a potenciar”, explicou o Presidente.

Foi, igualmente, aprovada ontem a concessão de 11 espaços no Mercado dos Lavradores, nomeadamente 8 hortofrutícolas, 2 para agricultura biológica e 1 para floristas, na sequência de contratos que tinham chegado ao fim. O Presidente aproveitou para lembrar que “o Mercado tem sido alvo de uma estratégia de Revitalização em grande escala ao longo deste mandato, de que são outros exemplos mais recentes a sua renovação estética, com a recuperação das fachadas históricas e com novas bancas para floristas, construídas de raiz, e ainda o processo de certificação de qualidade que está em curso, pela primeira vez na História do Mercado.”

Paulo Cafôfo anunciou, por fim, que “o Funchal vai atribuir este ano, na cerimónia solene do Dia da Cidade, a medalha de Mérito Municipal Grau Ouro ao arquiteto e urbanista Rafael Botelho, uma personalidade que marcou e continua a marcar a cidade do Funchal, uma vez que foi ele o autor do primeiro Plano Diretor Municipal, em 1972.”

Em ano de revisão do atual PDM, o Funchal quer, por isso, “prestar homenagem em vida a alguém que é um exemplo e que deu tanto a esta cidade.” Rafael Botelho tem atualmente 94 anos e deixou um contributo marcante no Urbanismo da cidade do Funchal, uma vez que, além do primeiro PDM, também foi ele o autor do Plano Integrado da Nazaré (bairro e toda a área envolvente), do Plano Parcial do Pico da Cruz Sul (polo turístico da cidade e frente mar) e de estudos pioneiros em relação ao centro histórico e às zonas altas do Funchal.

Pin It on Pinterest