12 mil atendimentos nos balcões de inclusão

A Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, afirmou que o número de atendimentos realizados nos balcões de inclusão desde a sua criação, há um ano é bastante significativo. O número de atendimentos foi de cerca de 12 mil.

A Secretária de Estado acrescentou que este número «apenas vêm demonstrar que esta resposta para as pessoas era necessária», numa declaração enviada à Lusa.

Os balcões de inclusão, com atendimento técnico especializado para pessoas com deficiência e suas famílias, realizaram entre 21 de abril de 2016 e 30 de abril deste ano 11 813 atendimentos.

Ana Sofia Antunes acrescentou que esta adesão mostra que as pessoas «sentiam uma necessidade de ter uma rede de sítios onde se pudessem deslocar, sabendo que aí iriam encontrar pessoas que facilmente estariam preparadas para responder às suas questões».

Os técnicos que estão nestes balcões tiveram formação para poder dar respostas em várias áreas, como prestações sociais, produtos de apoio e ajudas técnicas, respostas sociais (lares residenciais, centros de atividades ocupacionais, centros de reabilitação), emprego e apoios para empregadores.

Existem Balcões de Inclusão nos 18 centros distritais da Segurança Social do Continente, no Instituto Nacional para a Reabilitação, em Lisboa, e em 52 câmaras municipais.

Pin It on Pinterest