Material de guerra desapareceu de Tancos

O Exército revelou hoje que granadas de mão ofensivas e munições de calibre 9 milímetros desapareceram de dois “paiolins” nas instalações militares dos Paióis Nacionais de Tancos. A violação dos perímetros de segurança e o desaparecimento de “material de guerra” foi detectado ontem ao final do dia.
“A ronda móvel que fazia a verificação do perímetro reparou que as duas redes que cobrem a instalação tinha sido violada”, uma vez que havia “um buraco na rede”, explicou à Antena 1 o tenente-coronel Vicente Pereira, porta-voz do Exército. “Foi chamada a Polícia Judiciária Militar que tomou conta da ocorrência e agora desenvolve a sua investigação, passando o exército a colaborar com essa investigação.”

Não foram reveladas as quantidades detalhadas de material roubado em Tancos. O comunicado do Exército indica que o Ministério Público e a Polícia Judiciária foram já informadas desta situação.

Pin It on Pinterest