Portugueses querem poupar no período de férias

Aumentou face a 2016 o número de portugueses que pretende poupar no período de férias. De acordo com Observador Cetelem 2017 – Intenções de compras e férias dos portugueses, 66% dos que vão passar férias no nosso país contam poupar, contra 37% no ano transato. Este valor que sobe para 77% quando as deslocações são para fora do país, mais 21% face a 2016.

Se poupar no alojamento (48%) é a forma de poupança preferencial entre os que ficam cá dentro, reservar com muita antecedência (67%) é a forma de poupar eleita  pelos que vão de férias para fora. Em comparação com 2016, verifica-se uma inversão das prioridades, uma vez que no ano passado a principal aposta para poupança era a reserva de voos low cost.

O clima de maior otimismo em Portugal e na Europa justifica a maior apetência por passar férias no verão. Mas a maior maturidade dos consumidores está bem demonstrada nas preocupações com os gastos neste período, em especial quando viajam para fora do país”, considera José Pedro Pinto, Chief Marketing & Sales Officer do Cetelem.

Entre as principais conclusões do Observador Cetelem Férias 2017 destaque ainda para a gestão do orçamento familiar dos portugueses. Entre os inquiridos, 5% pretende aumentar as poupanças, um valor inferior ao de 2016, que foi de 10%. Cerca de 75% acha que vai manter o seu nível de poupança, enquanto 12% acredita que as suas poupanças vão baixar. Quanto às despesas, 9% pondera aumentá-las, um valor inferior quando comparado com 2016, ano em que 16% dos portugueses pensou aumentar despesas. Este ano, 76% dos inquiridos considera que as suas despesas vão manter-se, enquanto 8% acha que vão diminuir.

O Observador Cetelem Férias 2017 tem por base uma amostra representativa de 600 indivíduos residentes em Portugal Continental, de ambos os géneros e com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos. Estes foram entrevistados telefonicamente, com informação recolhida por intermédio de um questionário estruturado de perguntas fechadas. O trabalho de campo foi realizado pela empresa de estudos de mercado Nielsen, entre os dias 11 e 15 de maio, e um erro máximo de +4,0 para um intervalo de confiança de 95%.

Sobre o Cetelem e o BNP Paribas Personal Finance

Pertencendo ao Grupo BNP Paribas, o BNP Paribas Personal Finance é especialista no financiamento a particulares. Com cerca de 20.000 colaboradores, em 28 países e 4 continentes, o BNP Paribas Personal Finance é Nº1 em França e na Europa. Exercendo a sua atividade sob a marca comercial Cetelem, disponibiliza uma gama completa de crédito a particulares intermediada através de parceiros do Retalho especializado, concessionários automóvel e também diretamente aos clientes.

O BNP Paribas Personal Finance é parceiro de referência das principais insígnias do comércio, dos serviços, da banca e das companhias de seguros, entidades às quais aporta o seu know-how, propondo o tipo de crédito e de serviço mais adaptado à atividade e estratégia comercial dos seus parceiros. É, também, ator de referência em matéria de concessão de Crédito Responsável.

Em Portugal está presente desde 1993. Em 2010, a fusão com o Credifin deu origem ao nascimento do Banco BNP Paribas Personal Finance, S.A., que opera sob a marca comercial Cetelem, conta com cerca de 600 colaboradores e é uma referência no mercado de crédito a particulares.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger