Polícia Judiciária detém incendiário

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, com a colaboração da GNR, identificou e deteve o presumível autor de um crime de incêndio florestal.

Os factos ocorreram cerca das 14h45 do dia de ontem, 10-08-2017, na localidade de Manteigas, recaindo sobre o detido a suspeita de ter ateado um incêndio em pasto, com recurso a um isqueiro que lhe foi apreendido.

O incêndio, graças ao célere e eficaz combate levado a cabo por populares e pelos bombeiros locais, consumiu uma pequena área de terreno com pasto, mato e árvores, tendo, no entanto, colocado em perigo habitações, instalações industriais, um depósito de combustível e uma vasta área de floresta integrante do parque natural da serra da estrela.

O detido, pintor da construção civil, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes com vista à aplicação das necessárias e adequadas medidas de coação.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 54 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Pin It on Pinterest