Presidente do Governo das Canárias visita os Açores

O Presidente do Governo das Canárias, Fernando Clavijo Batlle, inicia este domingo, a convite do Presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, uma visita de dois dias aos Açores que visa fortalecer as relações entre as duas regiões em áreas como os transportes aéreos, a cooperação científica e as questões europeias, durante a qual será assinada uma Declaração Conjunta.

Fernando Clavijo Batlle chega a Ponta Delgada ao princípio da tarde de domingo, visitando de seguida, acompanhado por Vasco Cordeiro, a Central Geotérmica do Pico Vermelho, onde vai tomar conhecimento da produção de energia a partir de fontes renováveis nos Açores e, concretamente, na ilha de São Miguel, onde se estima que, em 2019, cerca de metade da energia elétrica seja de origem geotérmica.

Ainda neste dia, o Presidente do Governo das Canárias visita a Fábrica de Chá Gorreana, que iniciou a sua atividade em 1883, e o Centro de Monitorização e Investigação das Furnas, onde estará em destaque o projeto de proteção e recuperação das bacias hidrográficas de São Miguel.

O segundo dia desta visita começa com um encontro entre Vasco Cordeiro e Fernando Clavijo Batlle, no Palácio de Santana, em Ponta Delgada, onde também terá lugar, logo de seguida, uma reunião entre os governos dos Açores e das Canárias.

Os transportes aéreos, nomeadamente a conetividade no espaço da Macaronésia, a cooperação científica e a economia do mar, incluindo a criação do AIR Center e a participação na Conferência Internacional sobre os Oceanos, que decorre em setembro, em Lisboa, são alguns dos temas em análise nesta reunião.

No encontro serão também abordados diversos assuntos de interesse para as duas regiões a nível local e europeu, como a preparação da Política de Coesão para o período pós 2020, a Cimeira da Macaronésia ou a próxima Conferência de Presidentes das Regiões Ultraperiféricas, durante a qual as Canárias vão assumir a presidência rotativa deste órgão. No final desta reunião, terá lugar, ainda no Palácio de Santana, a assinatura da Declaração Conjunta.

Durante a tarde, o Presidente do Governo das Canárias visita o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, na Ribeira Grande, onde vai decorrer também uma reunião com a Câmara de Comércio e Indústria dos Açores, a Federação Agrícola dos Açores e a Federação das Pescas dos Açores, regressando depois a Ponta Delgada para uma visita ao Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica (CIVISA), da Universidade dos Açores.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger