Governo dos Açores mantém Programa Estagiar L para jovens enfermeiros

O Secretário Regional da Saúde garantiu, ontem, em Ponta Delgada, que o Programa Estagiar L prosseguirá nos mesmos moldes em que foi criado em 1998. “Nós estamos a falar de um estágio profissional e não de um estágio curricular. Os nutricionistas, os psicólogos, os enfermeiros todos eles têm uma forte componente prática na sua licenciatura, mas estamos a falar de outra realidade que são os estágios profissionais” sublinhou.

Rui Luís, que falava à margem da Cerimónia de Vinculação à profissão, promovida pela Ordem dos Enfermeiros, referiu que este é um programa que permite a centenas de jovens ingressar na vida ativa, rejeitando que esteja a servir para suprir necessidades permanentes.

“As necessidades permanentes dos vários serviços, são supridas com os concursos que nós temos vindo a abrir, e já foram 136 vagas nos últimos dois anos”, revelando, ainda que “na próxima semana vão ser abertas na Unidade de Saúde de Santa Maria 4 vagas para cumprimento das necessidades locais”.

Na sua intervenção, destacou que o facto de privilegiar o diálogo e o consenso com as instituições, não significa que tenham de estar sempre de acordo.

Em relação às dotações seguras de enfermagem, e ao estudo que aponta para 291 o número de enfermeiros necessários para preencher a carência destes profissionais, o Secretário Regional refere que num prazo de 4 a 5 anos se pretende atingir um valor próximo do estudo.

“O Governo Regional está a analisar juntamente com cada uma das Unidades de Saúde de Ilha e com os 3 Hospitais, as necessidades e os recursos disponíveis, e nos próximos tempos iremos certamente abrir mais vagas” assegurou o responsável pela saúde.

Questionado pelos jornalistas, sobre o protesto e a entrega pelos enfermeiros especialistas, em saúde materna e obstetrícia, dos títulos profissionais, Rui Luís frisou que reconhece as reivindicações, mas discorda da forma de luta que tem posto em causa o serviço prestado aos utentes. “Faço um apelo a todos os intervenientes para que de uma forma rápida e com bom senso, cheguem a uma solução, tal como tem sido apelado pela própria Bastonária, pelo Ministro da Saúde e pelo Presidente da República” frisou.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger