Semana da Mobilidade 2017 com novas medidas e muitas atividades

O Vereador Domingos Rodrigues apresentou, ontem, a Semana da Mobilidade Funchal 2017, um evento anual da Autarquia, “que tem por objetivo divulgar as nossas medidas e estratégias em relação à mobilidade e, em particular, à mobilidade sustentável.”

Entre 16 e 22 de setembro, a iniciativa será marcada por um extenso programa de atividades, entre as quais se destacam a exposição “A Mobilidade Urbana no Funchal: Passado, Presente e Futuro”, que ilustrará as ações que têm sido implementadas com vista a dotar a cidade de melhores condições de mobilidade e acessibilidade pedonal, e ainda um passeio de viaturas 100% elétricas, o fecho da Avenida do Mar, no domingo de manhã, para múltiplas atividades abertas a toda a população, e a conferência “A Mobilidade Urbana no Funchal: Que Cidade Queremos?”, na qual será apresentado o Plano de Ação Para a Mobilidade Urbana Sustentável no concelho. A Avenida Arriaga será o centro de quase todas as atividades e, ao longo do uma semana, terá expostos os mais recentes veículos menos poluentes do mercado, tais como elétricos, híbridos, GPL e bicicletas. O vasto programa conta, de resto, com uma forte componente de sensibilização, com enfoque na promoção da mobilidade elétrica, inclusiva, ciclável e pedonal.

Domingos Rodrigues destacou as principais atividades, anunciando, por exemplo, que o passeio de veículos elétricos, este sábado, será acompanhado da abertura de um posto de carregamento no edifício 2000, e aproveitou para apresentar algumas novidades no campo da Mobilidade para o concelho e que já se encontram em implementação.

“Seguindo o exemplo da Avenida Zarco Sul, serão criados, na Baixa da Cidade, três outros «espaços partilhados», que serão os casos da Rua do Favila, da Praça do Turista e da Rua Imperatriz D. Amélia, ruas que passarão a privilegiar a circulação pedonal e que serão inclusivas, ou seja, terão condições para pessoas com mobilidade reduzida.”

O Vereador, que tutela a Mobilidade o Trânsito na Câmara Municipal do Funchal, avançou, igualmente, com “o reordenamento do estacionamento no Bairro da nazaré, o que vai implicar a melhoria de diversas acessibilidades e várias medidas de acalmia de tráfego”, anunciando que serão criados 130 novos lugares de estacionamento naquele complexo habitacional na freguesia de São Martinho. A 2ª fase da intervenção na Avenida da Madalena, em Santo António, também será implementada, “dando seguimento ao projeto que apresentámos na Semana da Mobilidade do ano passado e que permitiu que, nos últimos 12 meses, não se tivesse registado qualquer atropelamento naquela via, um problema que era até então recorrente.” A intervenção continuará a incidir nas medidas de acalmia de trânsito, chegando agora ao topo da Avenida.

Pin It on Pinterest