Guterres agradece ao presidente dos Estados Unidos

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, agradeceu hoje ao presidente dos Estados Unidos o seu apoio nos esforços de reforma da organização.

“Agradeço muito o seu apoio a estes esforços vitais. Senhor Presidente, muito obrigado”, disse Guterres no final de um discurso em Nova Iorque.

O secretário-geral falava num evento patrocinado pelos EUA sobre a reforma da ONU que acontece à margem da Assembleia Geral da organização.

“Para servir as pessoas que apoiamos, e as pessoas que nos apoiam, temos de ser ágeis e efetivos, flexíveis e eficientes. Juntos, estamos a fazer progressos numa agenda ampla e arrojada para fortalecer as Nações Unidas”, disse Guterres, que iniciou funções em Janeiro. “Estamos a perseguir extensas reformas de gestão para simplificar procedimentos, descentralizar decisões, com maior transparência, eficiência e responsabilização”, explicou.

Guterres falou depois de Donald Trump, que abriu o evento apontando os grandes desafios da reforma da ONU e elogiando o trabalho do português.

“Em anos recentes, as Nações Unidas não alcançaram todo o seu potencial devido a burocracia e má gestão. Apesar de o orçamento da ONU ter aumentado 140 por cento e o seu pessoal mais do que duplicou desde o ano 2000, não estamos a ver os resultados desse investimento. Mas sei que isso está a mudar com o secretário-geral e está a mudar rápido”, disse Donald Trump, que estava sentado junto a António Guterres.

O evento, que acontece à margem da Assembleia Geral da ONU, reuniu cerca de 120 países dos 193 membros da organização. A Rússia e a China foram os únicos países com assento permanente no Conselho de Segurança que não participaram.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger