“O destino vale pela sua identidade e pelas pessoas que os recebem”

As celebrações alusivas ao Dia Mundial do Turismo, organizadas pela Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura, através da Direção Regional do Turismo e em conjunto com a Associação de Promoção da Madeira, foram «altamente participadas pela população e muito bem recebidas pelos turistas, um pouco por toda a Região, o que nos deixou satisfeitos, ainda mais motivados e sobretudo confiantes para continuarmos a fazer, deste destino, uma referência no mercado».

É desta forma que o Secretário Regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, faz o balanço de um dia que «foi diferente, ativo e especialmente destinado aos visitantes, aos quais agradecemos a escolha mas, também, aos profissionais que, connosco, marcam a diferença e contribuem para que, diariamente, conquistemos o interesse e a atenção de mais pessoas, em todo o mundo».

As celebrações deste Dia Mundial cumpriram, segundo o governante, vários objetivos em simultâneo, «já que permitiram reforçar a proximidade aos turistas, envolver a população e reconhecer, conjuntamente, a importância dos profissionais, valorizando-os enquanto referências”. E isto porque «falar de Turismo é falar da principal indústria mundial do lazer e do bem-estar, fundamental para a economia global, mas é, também, falar de uma atividade que gera contactos e que reforça laços entre as pessoas, propiciando experiências». No caso da Madeira, sublinha, «existe, efetivamente, uma proximidade diferente às pessoas que fideliza e reforça a nossa autenticidade, graças a uma entrega que não tem preço».

Aludindo à temática escolhida, pela Organização Mundial do Turismo, para as comemorações deste ano, Eduardo Jesus não tem dúvidas ao afirmar que «o compromisso global pela sustentabilidade é um dos maiores desafios para o futuro da Madeira mas é, também, uma enorme oportunidade para garantirmos a preservação do nosso património – natural, ambiental e construído – a favor de uma maior qualidade de vida para todos os que aqui vivem e, naturalmente, para os que nos visitam».

Refira-se que as celebrações decorreram um pouco por toda a Região e recolheram as melhores opiniões por parte dos turistas que, satisfeitos, afirmaram, mais uma vez, «que o destino vale pela sua identidade e pelas pessoas que os recebem, sempre, com alegria e grande animação».

Pin It on Pinterest