Açores acolhem Conferência Internacional sobre Turismo Sustentável

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo anunciou a realização da Conferência Internacional ‘Açores 2017: No Rumo do Turismo Sustentável’, que vai decorrer a 5 e 6 de dezembro, na Lagoa, em São Miguel.

Marta Guerreiro salientou que o evento “trará especialistas nacionais e internacionais, ao mesmo tempo que assume um compromisso multissetorial e uma oportunidade única de projetar os Açores para a cena internacional da sustentabilidade, mas também o reforço e o reconhecimento interno da Região como destino sustentável”.

“É com este enquadramento que surge a iniciativa de promover uma conferência internacional de turismo sustentável nos Açores, em que se pretende levar a cabo uma análise mais aprofundada do posicionamento da Região em matérias de sustentabilidade”, frisou Marta Guerreiro na apresentação da iniciativa.

A Secretária Regional adiantou que a conferência terá lugar no Nonagon, “enquanto primeiro Parque de Ciência e Tecnologia da Região”, mas também por ser “pioneiro na implementação da prática de ‘green meetings’”, já que se pretende realizar um eco-evento “que seguirá uma metodologia de baixo carbono e alto valor social”.

Na sua intervenção, Marta Guerreiro destacou a importância que o Governo dos Açores deposita nas questões do desenvolvimento sustentável, sendo a criação de uma Secretaria Regional que alia a Energia com o Ambiente e o Turismo a concretização de um trabalho que tem sido desenvolvido ao longo dos últimos anos.

“Cada uma destas pastas trabalhará, sempre, para preservar o nosso património natural e cultural, com a preocupação de criar riqueza equitativa e duradoura, tendo por base os imperativos internacionais de governação climática, rumo a uma economia global de baixo carbono”, assegurou.

A Secretária Regional salientou ainda que a realização desta conferência é uma forma do Executivo integrar as celebrações do Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, declarado pelas Nações Unidas.

Com um programa alargado, serão abordados temas como o posicionamento atual dos Açores e de Portugal enquanto destinos de turismo sustentável, exemplos de outros destinos com práticas sustentáveis, com momentos de ‘speed networking’, que reúnem os melhores casos de estudo nesta matéria, tanto a nível de alojamentos e operadores turísticos, como também a nível de governação, certificação ou monitorização.

“Será apresentado o levantamento e diagnóstico dos Açores em termos de destino turístico sustentável, sendo o mote para a carta de intenções do Governo Regional para o futuro do nosso destino”, acrescentou.

A Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e Luigi Cabrini e Kathleen Pessolano, da Global Sustainable Tourism Council, são alguns dos oradores principais desta conferência.

A apresentação da iniciativa decorreu no Museu de Tabaco da Maia, em São Miguel, por ser “um exemplo de como os Açores têm sabido preservar e readaptar as suas tradições, possibilitando o crescimento económico da Região”, afirmou Marta Guerreiro, destacando a importância da cultura do chá, que remonta ao século XIX.

“Se queremos apelar e falar de sustentabilidade, não podemos deixar de rever a importância histórica que estas culturas ainda representam nos dias de hoje como motores de desenvolvimento locais, que colocam em destaque as potencialidades da Região”, frisou.

Mais informações sobre a missão, os princípios do eco-evento, o programa, os oradores e a inscrição podem ser obtidas no endereço eletrónico http://azores2017sustainabletourism.azores.gov.pt/.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger