Novo sistema de gestão de vagas em todas as ilhas até ao final do ano

A Secretária Regional da Solidariedade Social afirmou ontem, em São Jorge, que o Governo dos Açores pretende implementar até ao final do ano, em todo o arquipélago, o novo sistema de gestão de vagas em respostas sociais de acolhimento de pessoas idosas, dependentes ou com necessidades especiais.

Andreia Cardoso, em declarações à margem de uma cerimónia de formalização do compromisso com duas instituições locais, no âmbito da visita estatutária à ilha de São Jorge, recordou que o processo foi iniciado em Santa Maria, em julho, garantindo que o Executivo açoriano pretende “dar continuidade” à implementação do novo sistema, tendo como objetivo que este compromisso seja assinado até ao final deste ano “por todas as instituições que têm e gerem este tipo de respostas sociais”.

As cartas de compromisso agora assinadas com Santa Casa da Misericórdia da Calheta e com a Casa de Repouso João Inácio de Sousa, nas Velas, pretendem, segundo a Secretária Regional, estabelecer “critérios de acesso uniformes” às estruturas residenciais para idosos em toda a Região, garantido “equidade no acesso” a essas respostas.

Trata-se de um sistema centralizado, garantindo uma lista de espera única por ilha e critérios idênticos no processo de admissão, de entre os quais se destacam, além das questões sociais e de rendimentos das famílias, também a proximidade às famílias e às suas comunidades de origem.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger