Dois foram detidos por crime de incêndio florestal

Dois residentes em Terras do Mouro, um homem de 57 anos e a mulher de 50, foram detidos pela Departamento de Investigação Criminal de Braga pela co-autoria de um crime de incêndio florestal.

Segundo a Polícia Judiciária, os suspeitos terão ateado o fogo com recurso a isqueiro, na tarde de 10 de Outubro, por motivos fúteis relacionados com desavenças com vizinhos e familiares.

Os detidos vão ser sujeitos a interrogatório judicial, devendo ser conhecidas ainda esta terça-feira as medidas de coação a aplicar.

Ao todo, são já 156 os detidos este ano por suspeita de fogo posto, 103 identificados pela Polícia Judiciária e 53 apanhados pela GNR.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger