Reabertura do processo para reforçar o Mecanismo Europeu de Protecção Civil

O Primeiro-Ministro António Costa elogiou a decisão do Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, de reabrir o processo para reforçar o Mecanismo Europeu de Proteção Civil e para impulsionar o projeto piloto português para a reestruturação da floresta, numa declaração feita em Lisboa.

O Primeiro-Ministro afirmou que «chocado com as circunstâncias em que vivemos este verão, o Presidente Juncker reabriu um processo, que a comissão já tentou por várias vezes ter a aprovação dos Estados-membros, tendo em vista reforçar o Mecanismo Europeu de Proteção Civil».

Na sua declaração, no final de uma reunião com o Presidente da Comissão Europeia, na qual também esteve o Comissário Carlos Moedas, o Primeiro-Ministro agradeceu o apoio da União Europeia após os incêndios de junho e de outubro em Portugal.

«Quero manifestar o meu agradecimento ao Presidente Jean-Claude Juncker por toda a solidariedade manifestada pela União Europeia ao longo deste verão, quer através do Mecanismo Europeu de Solidariedade, quer também ao nível da mobilização de meios de apoio à proteção civil», disse.

Jean-Claude Juncker afirmou que «faremos tudo para garantir a solidariedade da Europa com Portugal e estamos a rever todos os mecanismos de proteção civil europeus que podem ser melhorados».

O presidente da Comissão enviou também condolências «às famílias, a todos os homens, mulheres e crianças que foram vítimas desta catástrofe natural».

«Uma catástrofe que me toca pessoalmente, porque um dos meus concidadãos, da minha aldeia, morreu neste fogo aqui em Portugal», acrescentou.

 

Pin It on Pinterest