“Os madeirenses estão a ser discriminados!”

Miguel Albuquerque reafirmou hoje que o novo hospital é uma prioridade para o seu governo e há “condições para lançar o concurso para obra já no próximo ano”.

Para o Presidente do Governo Regional, nesta matéria, “os madeirenses estão a ser discriminados”, havendo “uma omissão do governo central na inscrição das verbas em sede de orçamento”.

“Penso que não há nenhuma distração. O que o governo central tem é de cumprir a sua palavra”, relembrou Miguel Albuquerque, considerando que há uma agenda política partidária, que tem como prioridade o assalto ao poder regional e prejudicar a Madeira”.

Algo que diz não admitir, até porque “o que está em causa são interesses primaciais de Região e dos seus cidadãos, que não devem ser discriminados”.

O Presidente do Governo Regional falava após uma ação de sensibilização sobre a dádiva de sangue, onde quis dar o exemplo para sensibilizar novos dadores.

Pin It on Pinterest