Câmara de Ponta Delgada melhora rede de mini-bus com a criação de uma nova linha

O Presidente do Município de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro, ontem, na inauguração da Linha Laranja/D da rede Mini-bus, deixou uma nota de satisfação “porque reconfirmamos uma lógica de metro de superfície para a nossa rede de mini-bus e a melhoramos com a criação desta linha D, que disponibiliza cerca de 100 passagens diárias pelo Hospital Divino Espírito Santo e pelo Centro de Saúde”.

Esta é a linha que mais favorece e facilita o acesso às unidades que tratam das questões de saúde na cidade de Ponta Delgada e “tem uma novidade significativa, já que inclui não só a entrada nas instalações Hospital Divino Espírito Santo para dar garantias de passagens pela Clínica de Radioncologia Madalena Paiva, pelo edifício de consultas externas e pelo Centro de Saúde, como também assegura melhores acessos às farmácias”, adiantou o Presidente da Autarquia.

José Manuel Bolieiro também referiu que este projeto reflete a nossa responsabilidade de “satisfazer as necessidades e justas reivindicações, principalmente das pessoas mais idosas, que não têm outro meio de deslocação para o Hospital e para o Centro de Saúde”.

O Autarca clarificou que este é um investimento importante, que serve para garantir o não aumento de preços dos bilhetes para os utentes e manter “a lógica dos passes, que são muito favoráveis, sob o ponto de um tarifário social”.

Esta é uma linha que irá ser uma mais valia “para os idosos, para os estudantes e até para os ativos profissionais, já que existe uma paragem na Avenida Dom Manuel I, onde há oferta de estacionamento gratuito” – acrescentou José Manuel Bolieiro.

O Presidente do Município referiu ainda que “futuramente, a nossa preocupação é potenciar a utilização de viaturas elétricas. Estamos a procurar, com realismo, sustentabilidade económica e sustentabilidade social, uma mudança para as novas tecnologias e para os novos meios, com carácter ambiental, através da substituição das habituais viaturas por outras elétricas”.

José Manuel Bolieiro também aproveitou para expressar o desejo e vontade de “desenvolver a relação entre o urbano (da responsabilidade do Município) e o interurbano (da responsabilidade do Governo Regional), articulando bilhética, horários, paragens e até uma plataforma logística de cruzamento entre os dois meios de transporte”.

Com o surgimento da Linha D, o “Expresso” deixa de existir e esta nova linha, que congrega em si 22 paragens, passa a incluir não só o percurso desse antigo mini-bus, como também aumenta a oferta.

Esta nova linha sai da Avenida Infante Dom Henrique, passando pela rua Teófilo Braga, 1ª rua de Santa Clara, 2ª rua de Santa Clara, Avenida Príncipe do Mónaco (com duas paragens, sendo uma junto à Clínica), rua do Ramalho, rua Direita de Santa Catarina, Avenida Antero de Quental, rua Engenheiro Luís Gomes, bairro Arcanjo Lar, Hospital (Centro de Radiologia), Hospital (Consultas Externas), Centro de Saúde, Avenida Dom Manuel I, rua José do Canto, rua de São Gonçalo, Avenida Dom João III, rua Hugo Moreira, rua Mãe de Deus, rua Margarida Chaves, largo do Colégio, rua Coronel Silva Leal e praça Vasco da Gama e termina na Avenida Infante Dom Henrique.

As restantes linhas (A – Linha Amarela, B- Linha Verde e C- Linha Azul) mantém-se praticamente na mesma, havendo apenas uma alteração na Linha C, que passa a ter mais uma paragem junto à Farmácia Socorros Mútuos.

Quanto à duração média dos percursos, esta será de, aproximadamente, 15 minutos e o horário de funcionamento de todas as linhas da rede mini-bus de Ponta Delgada, nos dias úteis, é das 07h30 às 19h30.

Ao sábado, vão estar em funcionamento as Linhas C e D, entre as 08h30 e as 13h00, circulando de hora a hora.

Pin It on Pinterest