12 mil plantas para reflorestar as serras

A Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal (AAPEF) tem sido incansável na preservação e recuperação das serras madeirenses.

No próximo sábado, 15 de Outubro, realiza-se mais uma actividade de reflorestação. Raimundo Quintal, presidente da associação, esclarece que o processo está longe de estar concluído.

Mas agora, depois de alguns meses na preparação do terreno, é tempo para as pequenas plantas, produzidas no viveiro da Quinta Jardins do Lago, pass

 

arem para o solo e iniciarem o processo de recuperação do coberto vegetal, devastado pelos incêndios de Agosto de 2010.

Ao todo contam-se mais de 12 mil plantas, que pertencem a cerca de 20 espécies, entre as quais: o loureiro, o til ou o maçaroco.

O ambientalista sublinha que será um processo muito trabalhoso, que vai decorrer ao longo dos próximos sábados. “Mas se o tempo não ajudar à plantação, a ideia é continuar com o trabalho de limpeza, porque ainda há muito a fazer. Mais tarde, então, com as condições adequadas, procederemos às actividades de reflorestação”.

Não esquecer que as temperaturas altas dos últimos dias originaram vários incêndios, em outros pontos da Madeira. Nestes casos, para além de uma situação anómala nas condições atmosféricas, “a triste verdade é que o aparecimento do fogo está relacionado com a falta de civismo de alguns madeirenses que teimam em não respeitar as mais elementares regras do respeito pela natureza”.

Já sem contar com o vandalismo observado no Campo de Educação Ambiental do Cabeço da Lenha, uma propriedade privada. “Mais do que desrespeitar o trabalho desta Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal, o vandalismo e a destruição do material representam um acto de pura malvadez”.

Ainda assim, bem mais importante que as palavras de censura são as acções concretas. E, neste sentido, Raimundo Quintal apela à participação nas actividades de reflorestação, sendo que os interessados podem inscrever-se através do formulário existente no blogue da Associação (http://bisbis.blogspot.com) ou na página no Facebook (http://www.facebook.com/amigosdoparque)

Pin It on Pinterest