Primeira quinzena de outubro com temperaturas muito acima da média

A primeira quinzena de outubro registou temperaturas médias do ar cinco graus acima do valor médio para época na maior parte das estações meteorológicas.

Entre 1 e 15 de outubro foram ultrapassados os extremos históricos da temperatura máxima para este mês em Bragança (30.8ºC no dia 12), Lisboa (33.9ºC no dia 13), Anadia (35.8ºC no dia 13), Carrazeda de Ansiães (29.9ºC no dia 12) e Mirandela (33.9ºC no dia 5).

Neste período, cerca de 80% das estações registaram pelo menos um dia com temperatura máxima do ar igual ou superior a 30ºC e 35% das estações registaram em todos os dias, durante os primeiros sete dias de outubro, valores de temperatura máxima do ar igual ou superior àquele valor.

De acordo com a mesma fonte, a persistência do tempo quente originou duas ondas de calor e levou a que não se tenha registado precipitação no território do continente.

Esta situação agravou a seca meteorológica no continente, que no final da quinzena atingia todo o território, sendo que 1/3 já se encontra em situação de seca severa e extrema.

Prevê-se que a temperatura possa começar a descer na quarta-feira e a partir de dia 23 existe uma forte probabilidade para a ocorrência de precipitação no continente, também acompanhada de uma tendência para uma descida mais acentuada nas temperaturas (máximas e mínimas).

Pin It on Pinterest