GR sustenta “Príncipes das Arábias”

O Partido Trabalhista Português está contra o “Plano de Sacrifícios e Carnificina” do PSD e do CDS/PP.

O Partido Trabalhista Português (PTP) esteve junto à Empresa de Electricidade da Madeira para apresentar casos de corrupção, despesas desnecessárias e mordomias que contrastam com a perseguição e os cortes nos salários dos trabalhadores. O alvo principal da acção política foi João Dantas, administrador na referida empresa.

José Manuel Coelho lembrou que, enquanto centenas de madeirenses licenciados estão no desemprego, o Governo Regional sustenta alguns “Príncipes das Arábias”, isto é pessoas sem qualificações para os cargos que desempenham.

O Orçamento de Estado para 2012 trará sim pesados sacrifícios para todos os portugueses, em especial para a Região Autónoma da Madeira. Mas, conforme observa o trabalhista, existem alternativas para sair da crise. Entre elas o fim dos offshores, em que milhões e milhões escapam aos cofres nacionais.

“Temos de ir buscar o dinheiro ao sítio certo. As grandes empresas da Madeira não pagam os devidos impostos e o povo paga por tabela”. Avelino Agrela, Jaime Ramos, Dionísio Pestana, Joe Berardo foram alguns dos citados nesta fuga os impostos.

Coelho considerou também que o líder do Governo Regional, Alberto João Jardim, não vai aguentar todo o mandato. “A população vai se revoltar contra estas medidas de austeridade e ele vai ter de sair”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest