Estrada no Caniçal só avança em tempo eleitoral

 A  obra da estrada de ligação entre o Sítio da Palmeira de Cima e a igreja antiga do Caniçal está há mais de quatro anos por concluir.

O PS criticou hoje, em conferência de imprensa, o facto da obra da estrada de ligação entre o Sítio da Palmeira de Cima e a igreja antiga do Caniçal não avançar, referindo que aquela acessibilidade, prometida há mais de 20 anos,  faz muita falta à população.

“A  obra começou em 2005, na altura das eleições autárquicas, tendo a mesma ficado parada após as ditas eleições. Nas eleições autárquicas de 2009 as obras recomeçaram”, criticou Roberto Santos.

O vereador do PS na Câmara Municipal de Machico denunciou, ainda, que o estado da referida obra pode pôr em causa a segurança das populações, uma vez que não existe qualquer protecção e ´”há buracos com mais de quatro metros de profundidade” no local.

Roberto Santos recordou, ainda, que a construção da estrada não durava mais de um ano a executar, “se não fosse  o pára e o arranca constante da obra”.

“Estar quatro anos à espera de uma coisa que demorava um ano ou menos a construir é um absurdo. Isto demonstra claramente que as obras na Madeira são feitas a pensar no calendário eleitoral”, concluiu o vereador socialista.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

 

 

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger