Proteção de Menores não verifica aumento dos casos

A Comissão de Proteção de Menores de Machico não verifica um aumento dos casos de negligência.

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Machico não tem notado, apesar da atual crise económica e social, um aumento dos casos de negligência. O que tem havido, isso sim, é maior atenção por parte dos familiares ou vizinhos a situações que possam evidenciar quaisquer maus tratos.

“O número de processos tem sido semelhante ao de outros anos. O que se nota é que as pessoas estão mais sensibilizadas para estas problemáticas”, bem como por parte das famílias existe uma maior adesão às medidas, afirmou Nelson Carvalho, presidente daquele organismo de proteção de menores.

Hoje pela manhã, no âmbito da comemoração do 22º Aniversário da Convenção dos Direitos da Criança, cerca de 300 crianças e jovens, dos vários estabelecimentos de ensino do concelho, visitaram o Museu da Baleia, na freguesia do Caniçal.

“Desta forma damos às crianças e jovens algo de positivo. O Museu da Baleia, uma realidade histórica do concelho, acaba por ter uma grande componente formativa e cultural”, observou o responsável, acrescentando que o papel das comissões de proteção vai muito além da vertente preventiva.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest