Alvi-negros apostam no meio campo adversário

Pedro Caixinha antevê um jogo difícil, frente a um adversário (Sporting) que não perde, em casa, há 115 dias.

O Clube Desportivo Nacional realizou hoje uma conferência de antevisão ao jogo frente ao Sporting Clube de Portugal. Pedro Caixinha, técnico do clube madeirense, admitiu que não será uma deslocação fácil.

“Vamos querer pensar em nós, sabendo que vamos ter um adversário difícil, num ambiente fantástico, em que se prevê quase 42 mil pessoas. Vamos querer mostrar a identidade da nossa equipa e a cumplicidade das relações que existem no seio do grupo”.

O técnico alvi-negro, que já esteve a frente do clube sportinguista, revelou que o regresso à Alvalade é sempre importante. Mas agora os interesses são outros e passam pela vitória. “Se fizermos aquilo que está planeado para fazer em campo, estaremos com certeza mais próximos de discutir o resultado”.

Pedro Caixinha falou também das ausências verificadas no Sporting e que poderão, em última análise, beneficiar os madeirenses. “Se conseguirmos entrar no meio campo do Sporting estaremos mais vezes de frente para o jogo, mais vezes junto à linha defensiva e isso poderá ser uma vantagem a explorar”.

O Clube Desportivo Nacional vai assim a Alvalade para discutir os três pontos. Da lista de convocados constam: Claudemir, Tomasevic, Daniel, Mihelíc, Mateus, Diego, Candeias, Marcelo (já confirmado na baliza), Edgar, Rondon, Oliver, Todorovic, J. Aurélio, Vladan, Neto, Filipe, Skolnik e Eliseu.

Ainda no final da conferência, o técnico não descartou a contratação de novos jogadores para o plantel alvi-negro. “A partir do momento em que existe uma janela aberta, existem sempre entradas e saídas, que pretendem de alguma forma reestruturar ou reequilibrar aquilo que são os plantéis”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]


PUB