“Estado deve mais à Madeira do que a Madeira deve”

Jardim diz que o “Estado deve mais à Madeira do que a Madeira deve”.

A afirmação é do presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, e foi proferida esta tarde durante o discurso de inauguração do restaurante “Casa Tropical” um novo espaço do Hotel Tropical, no Caniço.

O executivo madeirense falava sobre as escolhas que fez nos últimos 30 anos da sua governação e, uma vez, mais foi buscar a questão da dívida da Madeira para dizer que “há quem diga que temos dívida, mas nas minhas contas aquilo que a Constituição mandava o Estado Central pagar que era a educação e a saúde, eles não pagaram, nem o investimento nem as despesas correntes, desculpem mas nas minhas contas ainda é o Estado português que deve à Madeira e não a Madeira que deve”, frisou, acrescentando que se calhar essas contas “terão de se arrastar alguns anos nos tribunais portugueses”.

Mas, Jardim foi mais longe e disse que em mais de 40 anos de governação nunca teve ninguém que lhe dissesse que não concordava com as suas políticas e lhes mostra-se uma alternativa.

“No debate democrático eu nunca vi os partidos políticos, nem as forças políticas e os teóricos que aparecem a falar por todo o lado me apresentar uma alternativa diferente quer em bens transacionáveis quer em bens alavancáveis para a economia da Madeira, não vi uma criatura de Deus me dizer que não concorda porque a alternativa é esta, só sabem dizer não concordo”, salientou.

Ao empresário do restaurante “Casa Tropical”Angelo Pestana Jardim disse estar muito feliz pelo sucesso dos seus negócios e de mais este investimento. O executivo congratulou-se pelo facto do empresário não ter baixado os braços, mesmo em época de crise.

De referir que o restaurante “Casa Tropical” representa a primeira fase da requalificação e renovação do Hotel/Apartamento Tropical obra que tem a sua conclusão prevista para o início do verão de 2012. O próximo passo na obra é a construção de um ginásio e um mini SPA que incluirá uma piscina interior aquecida. Serão também realizados melhoramentos em todas as áreas publicas do hotel e renovação dos quartos.

A construção do restaurante custou cerca de 550 mil euros de um investimento total de um milhão e meio de euros que contou com apoio dos sistemas de incentivos de Turismo 2 do Instituto de Desenvolvimento Empresarial da Madeira.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

 

Pin It on Pinterest