Populares pedem união na defesa da Autonomia

Governos da Madeira e dos Açores devem se unir para defender os interesses autonómicos.

O presidente do CDS/PP Madeira, José Manuel Rodrigues, reuniu hoje com o seu homólogo açoreano, Artur Lima. Sobre a mesa a questão da dívida, em ambas as regiões autónomas, e a importância de defender os interesses autonómicos.

«A Autonomia está em risco e sofre diversos perigos. É por isso que é incompreensível que os governos regionais dos Açores e da Madeira continuem de costas voltadas, quando deviam ter posições comuns na defesa da autonomia, e sobretudo quando se aproximam negociações difíceis com a República», observou o líder dos populares madeirenses.

A revisão da Lei das Finanças Regionais ou as conversações com a União Europeia, para definir novos quadros de apoio, exigem a conjugação de esforços, sob pena das populações perderem qualidade de vida.

Em relação à Madeira, em concreto, José Manuel Rodrigues sublinhou que a má governação do PSD/Madeira conduziu-nos a este estado catastrófico, sendo necessária também alguma solidariedade por parte do Estado «para evitar um massacre fiscal».

Artur Lima, líder do CDS/PP Açores, considerou que a resolução dos problemas depende do empenho das regiões, mesmo porque se os Açores não têm graves problemas financeiros, «a situação também exige alguns cuidados, porque se as finanças dos Açores derrapam para os níveis da Madeira, acaba-se o conceito de autonomia».

A reunião serviu igualmente para apelar à união dos partidos da oposição e a compreensão da República. «Não se pode confundir o conceito de autonomia com o Governo Regional», concluiu o popular açoreano.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest