Consumo de energia deve ser reduzido ao mínimo

A ideia foi defendida esta tarde por Jaime Freitas na inauguração da exposição “Energia Sustentável 2010/2011”.

O secretário regional da Educação e Recursos Humanos, Jaime Freitas, inaugurou esta tarde uma exposição com trabalhos realizados por alunos de várias escolas da RAM, no âmbito do concurso escolar “Energia Sustentável 2010/2011”.

A exposição está patente no Museu de Eletricidade “Casa da Luz” até ao dia 31 de Março. Na ocasião, Jaime Freitas advertiu para a importância do consumo de energia ser reduzido ao mínimo necessário. O governante defendeu que os seres humanos “devem consumir apenas aquilo que é necessário”, ao nível da energia e não viver com níveis de conforto acima do normal que podem prejudicar o ambiente.

“É muito importante que as nossas crianças e jovens possam ter uma noção da sustentabilidade e sobretudo do princípio de dever consumir apenas aquilo que é necessário, optando sempre por soluções sustentáveis, nomeadamente as energias renováveis”, salientou.

Já, Gorete Soares da Agência Regional da Energia e Ambiente da Região Autónoma da Madeira (AREAM) explicou que cada vez mais as escolas da Região têm hábitos de poupança de energia, uma atitude, que está relacionada com a implementação do Programa Eco-Escolas.

“Existe, sem dúvida, um interesse crescente sobre as questões ambientais por parte dos alunos e aparecem-nos, muitas vezes, alunos de algumas escolas com iniciativas, com projetos que querem concretizar e quando são desafiados a fazer trabalhos na área do ambiente temos trabalhos de grande qualidade como o que estão expostos aqui”, adiantou.

De referir que este ano é o “Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos” e a AREAM em parceria com a secretaria da Educação vai organizar palestras, ações de sensibilização e informação em várias escolas da Madeira.

Na exposição que está patente no Museu de Eletricidade da “Casa da Luz” pode encontrar casas com reaproveitamento de energia solar para iluminação, modelos de aquecedor solar, forno solar, casas com aproveitamento de águas residuais para utilização das instalações sanitárias, horta e jardins, carrinhos fotovoltaicos, armazéns de luz natural entre muitos outros.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest