Golfe no Algarve cresce 4,9%

Campos de golfe algarvios ultrapassaram um milhão de voltas no ano passado.

Os campos de golfe algarvios ultrapassaram um milhão de voltas no ano passado, número que evidencia um crescimento de 4,9 por cento em relação a 2010 e que coloca o Algarve no topo dos destinos de sonho europeus para quem joga golfe.

«Desde 2008 que os campos não atingiam um resultado tão positivo, ainda que a flutuação da libra e a crise financeira internacional não tenham ajudado a um maior crescimento. A marca do milhão de voltas atesta, no entanto, o bom desempenho regional neste produto estratégico», afirma o presidente da Associação Turismo do Algarve, António Pina.

O principal país emissor de golfistas continuou a ser o Reino Unido, seguido da Alemanha, da Escandinávia, da Irlanda e da Holanda, que alimentaram a indústria do golfe abarrotando os campos numa altura em que as taxas de ocupação hoteleira tendem a descer. Mensalmente, as maiores subidas ocorreram em março, abril e outubro, o pico da estação alta do golfe.

O Algarve tem hoje 40 campos (32 de 18 buracos e 8 de 9 buracos) desenhados pelos mais famosos arquitetos e distinguidos com vários prémios internacionais, entre eles os atribuídos pela International Association of Golf Tour Operators (IAGTO), pela revista alemã «Golf Magazin» e pela conceituada revista britânica «Today’s Golfer».

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

Pin It on Pinterest