Embaixadora do Canadá nos Açores

Heidi Kutz reúne com Carlos César e visita cidade da Ribeira Grande.

O Presidente do Governo dos Açores e a Embaixadora do Canadá em Lisboa concordaram em articular melhor a questão das deportações de açorianos residentes naquele país da América do Norte.

Foi o próprio Carlos César quem o disse aos jornalistas, no final de uma audiência que concedeu a Heidi Kutz, adiantando que o objetivo é possibilitar à região ter melhor informação.

O Presidente do Governo revelou também ter transmitido à diplomata o orgulho dos Açores “no trabalho de várias gerações de açorianos que, particularmente a partir da década de sessenta do século passado, iniciaram um processo de emigração para o Canadá”, sublinhando que esse ciclo emigratório levou à saída de mais de um terço da população atual da região.

De visita à cidade da Ribeira Grande Heidi Kutz esteve em reunião com o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande.

A embaixadora foi acompanhada de Juan-Pablo Valdes, Conselheiro Político e Peter Stokreef, Cônsul Honorário do Canadá em Ponta Delgada.

Durante o encontro, o Presidente da Câmara transmitiu à diplomata que o concelho mantém estreitas relações com as comunidades de emigrantes no Canadá, um dos países onde há maior presença de emigrantes ribeiragrandenses, principalmente em Montreal e Toronto.

A Ribeira Grande é dos concelhos que tido mais casos de deportações de açorianos residentes naquele país da América do Norte.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest