Quercus denuncia depósito ilegal em Santo António

O depósito de óleos minerais, junto à ribeira de Santo António, contamina o ambiente.

A Quercus-Madeira denunciou a existência de um depósito de óleos minerais junto à ribeira de Santo António, um pouco acima do campo do Andorinha.

«Neste depósito, que pertence à empresa EVR – recolha de resíduos, existe uma grande quantidade de bidões e tanques que contêm óleos minerais usados mal acondicionados e que estão a verter para o solo», refere Idalina Perestrelo.

Este tipo de actividade (recolha e armazenamento de resíduos perigosos) requer licenciamento e, para tal, um conjunto de condições e medidas para que não ocorram derrames para o solo e ambiente em geral, diz ainda o comunicado enviado pela Quercus.

«No entanto, numa consulta prévia à Direcção Regional do Ambiente constatamos que esta empresa não possui o necessário licenciamento para este tipo de actividade».

A associação ambientalista considerou assim inaceitável que a empresa em causa tenha este depósito de óleos minerais infringindo a Lei e pondo em causa o ambiente e a saúde pública.

«Afim de repor a situação natural da zona, a Quercus-Madeira solicitou a intervenção do serviço de Inspecção Ambiental da Direcção Regional de Ambiente de modo a que este depósito de óleos minerais seja encerrado e que toda a zona seja limpa e descontaminada», conclui a presidente da Quercus – Madeira.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

Pin It on Pinterest