“Projeto Cetáceos Madeira” promove descentralização cultural

Ribeira Brava acolhe a exposição temporária: “Rede Natura 2000 – Projeto Cetáceos Madeira”.

A Biblioteca Municipal da Ribeira Brava recebe, até o dia 8 de Abril, a exposição temporária: “Rede Natura 2000 – Projeto Cetáceos Madeira”. Trata-se de uma iniciativa promovida pelo Museu da Baleia em parceria com o Município de Machico.

“Pretendemos sensibilizar as pessoas para a importância da Rede Natura 2000, ou seja, um conjunto de áreas protegidas, não só da biodiversidade marinha ou terrestre, mas da biodiversidade no geral. É um instrumento de preservação das espécies ao nível de toda a comunidade europeia”, disse a responsável do Museu.

Também Rui Gouveia, vereador na Câmara Municipal da Ribeira Brava, salientou a importância destas ações para atrair novos públicos para a biblioteca, assim como para promover a descentralização cultural.

A Biblioteca Municipal da Ribeira Brava está, deste modo, de portas abertas para todo o tipo de parceiras. Até porque, numa altura de menores recursos financeiros, a ligação entre as várias instituições regionais é fundamental.

Para complementar a exposição, os serviços educativos do Museu da Baleia vão dinamizar atividades lúdico-didáticas para diferentes faixas etárias, entre as quais: Rede Natura 2000, o que é?, Vem Conhecer os Cetáceos! e TravaPoluição. De relembrar que esta exposição vai percorrer todos os concelhos da Região.

Os objetivos do projeto são: identificação de áreas de importância para o golfinho roaz – corvineiro nas águas costeiras do Arquipélago da Madeira, com o objetivo de estabelecer áreas a integrar a Rede Natura 2000; definição de áreas de operação para as embarcações de observação de cetáceos nas águas do arquipélago da Madeira; e vigilância do estatuto de conservação das espécies de cetáceos no mar alto da Madeira.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest