GR vai criar parque florestal no Pico do Prado

Anúncio feito pelo secretário regional do Ambiente, no decorrer das comemorações do Dia Mundial da Floresta.

A Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais está a desenvolver esforços para criar um parque florestal no Pico do Prado, concelho do Funchal. O anúncio foi feito pelo secretário regional, Manuel António Correia, nas cerimónias oficiais alusivas às comemorações do Dia Mundial da Floresta.

Naquela área, em concreto, já foi investido um milhão de euros. “O projeto consiste basicamente na criação de um parque florestal nesta zona, a montante do Funchal, abrangendo em particular as serras de Santo António e São Roque, mas também outras freguesias do Funchal e parte do concelho de Câmara de Lobos”.

Para além de um espaço físico dedicado à manutenção e preservação da floresta, a ideia é criar também equipamentos de lazer e de circulação para a população residente e turistas, aproveitando uma vista privilegiada.

Manuel António Correia acrescentou mesmo que, apesar do projeto estar em fase inicial, tem havido muitos interessados. “Fomos procurados por guias turísticos e agentes de turismo que querem saber quando isto fica pronto”.

Os trabalhos desenvolvidas na defesa ambiental na Madeira têm tido claro benefícios, inclusive para a segurança das populações. «O trabalho que se faz aqui reflete-se numa melhoria da segurança de toda a população que está a jusante deste espaço, em particular, no maior centro urbano da Madeira, que é o Funchal».

De acrescentar que a Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, através da Direção Regional de Florestas e da Direção Regional do Ordenamento e Ambiente, preparou um vasto programa de ações e atividades para este mês.

No Pico do Prado, pelas mãos de 91 crianças das escolas do ensino básico, foram plantadas cerca de duzentas árvores. Mas, por toda a ilha, estão a decorrer ações de reflorestação, num total de mil árvores.

A Junta de Freguesia de Santo António aproveitou a oportunidade para apresentar o projeto “Reflorestar para renascer”, que visa acompanhar a reflorestação das serras de Santo António, através do trabalho realizado por voluntários.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest