Avaliadores externos realçam abertura da UMa à sociedade

UMa cumpriu um conjunto de 18 recomendações da Associação das Universidades Europeias.

A Universidade da Madeira cumpriu 18, de um conjunto de 19, recomendações da Associação das Universidades Europeias, decorrentes de uma avaliação efetuada em 2008.

Castanheira da Costa disse hoje, após uma segunda visita dos avaliadores externos, que é de destacar a abertura da instituição à sociedade. “Estamos muito satisfeitos com o resultado. Há uma apreciação muito positiva à forma com a Universidade se relaciona com a sociedade. Eles (avaliadores) consideram que teve uma evolução significativa”.

Outros dos aspetos analisados positivamente dizem respeito ao Observatório do Emprego, ao Centro de Desenvolvimento Académico e à Criação de um Sistema Interno de Qualidade.

Por cumprir ficou a inclusão de um elemento não docente no Conselho Geral, o que obrigaria a uma alteração estatutária. “Na primeira vigência dos estatutos não se devem fazer alterações aos estatutos. Mas uma das observações que a Universidade fez no seu relatório foi que essa recomendação seria seguida futuramente”.

O reitor da Uma sublinhou ainda que não se pretende, com isto, classificar uma universidade em boa ou má, o que existe principalmente “é um objetivo construtivo e um conjunto de recomendações, no sentido de melhorar o funcionamento e de homogeneizar o sistema europeu de ensino superior”.

Acrescente-se que a Associação das Universidades Europeias integra todas as universidades de Portugal, num total de 180 universidades de 36 países. Pretende-se difundir exemplos de boas práticas europeias e internacionais, validar conceitos de pensamento estratégico e elaborar ideias partilhadas no que concerne à qualidade e ajudar as universidades a reorientar o seu desenvolvimento estratégico.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest