Políticas de austeridade não podem esquecer as famílias

O Presidente do Governo dos Açores reafirmou hoje que a defesa da família continuará a ser uma prioridade do seu executivo, pesem embora as dificuldades do tempo presente.

Carlos César – que presidia à cerimónia de lançamento da primeira pedra da nova creche e centro de atividades de tempos livres da Santa Casa da Misericórdia de S. Roque do Pico – recordou as muitas obras feitas com o objetivo de possibilitar às famílias condições para terem mais filhos, para dizer que esse é o caminho correto.

“Esses são os sinais certos que os governos, neste tempo que vivemos, devem dar às famílias, e não os sinais de abandono que vemos a nível nacional, com as políticas que reduzem os abonos, que agravam os custos de saúde infantil ou que eliminam as deduções fiscais de educação”, afirmou.

Para o Presidente do Governo, “nas políticas de poupanças e austeridades não pode deixar de ser considerada a defesa da família e a sua sustentabilidade. Se o Estado não for provedor nessa dimensão, não só negará a sua própria função como declinará a sua obrigação nos domínios da solidariedade e da coesão social.”

Carlos César diz mesmo que “Estado que nega o seu préstimo social, e que abandona as instituições e a família para se poupar a si mesmo, contrai, em contrapartida, uma dívida insustentável com a sociedade.”

Assegurando não ser esse o caminho que se pretende seguir nos Açores, acentuou o início simbólico da construção da creche e do ATL que ficarão a cargo da Santa Casa da Misericórdia de S. Roque do Pico – uma obra de quase 900 mil euros que permitirá integrar um total de cem crianças – como exemplo do que vai continuar a ser feito na região.

Aliás, o facto de Portugal apresentar um dos índices mais elevados de envelhecimento da Europa e o segundo índice de fecundidade mais baixo do mundo torna fundamental, na opinião de Carlos César, todo o esforço no sentido de tentar inverter a situação, sendo que uma das medidas é a da criação de creches, para facilitação e apoio à sustentabilidade familiar.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest