Ilha Dourada recebeu Mid-Amateurs

Vento criou problemas aos jogadores.

O Porto Santo Golfe recebeu a 3ª e última jornada do Campeonato da Madeira de Mid-Amateurs, agora com novo figurino, pois teve a disputa de uma ronda em cada um dos campos de golfe da Madeira. Ao Porto Santo deslocaram-se os principais interessados na disputa do título, com referência para cerca de uma dezena de golfistas que ainda poderiam aspirar à liderança. A prova disputou-se em Medal e teve dificuldades acrescidas pois ao longo do dia o vento foi criando mais problemas aos jogadores, dando vantagem aos golfistas que iniciaram a sua partida mais cedo.

Quem esteve particularmente em evidência foi António Henriques, o presidente do Clube de Golf Santo da Serra, ao apresentar um cartão com 82 pancadas, o que equivaleu a 74 pancadas medal-net e a vitória nesta jornada e, melhor do que isso, ascendendo ao 1º lugar geral ao fim das 3 jornadas da prova. António Henriques é assim o campeão Mid-Amateurs, no que foi bem seguido pelo seu irmão Norberto Henriques que terminou com 75 pancadas, menos uma do que o jogador do Portosantense Pedro Leandro que terminou com 76 na 3ª posição. Seguiram-se Magno Velosa (4º) e Paulo Perestrelo (5º), ambos do Portosantense, com 77 pancadas, com outro porto-santense Miguel Pereira na 6ª posição, com 79 pancadas.

Na classificação agregada ao fim das três jornadas, para além da vitória de António Henriques que terminou com um total de 223 pancadas net, é de realçar o 2º lugar de Vera Promer, do Palheiro, que terminou com 230 pancadas, sendo 3º Fernando Vieira do Santo da Serra, com 232. Seguiram-se três jogadores do Santo da Serra com os mesmos 233 pancadas, Ricardo Antão (4º), Lino Bento (5º) e Norberto Henriques (6º). O melhor jogador da “casa” acabou por ser Magno Velosa, no 9º lugar, com 238 pancadas.

Curioso que, por equipas, em medal, o Clube Golf Santo da Serra e Clube Desportivo Portosantense acabaram empatados no 1º lugar, com as mesmas 472 pancadas, com o Palheiro a terminar com 493.

Acrescente-se que, na classificação em stroke play, portanto com todas as pancadas dadas, independentemente do handicap, António Henriques também foi o 1º classificado com 82 pancadas, mas aqui foi 2º Miguel Pereira do Portosantense, com 83, seguido de Jonathan Fletcher (3º) do Palheiro, com 84, António Spínola (4º) e Norberto Henriques (5º), ambos do Santo da Serra, com 85 pancadas. Colectivamente, o Santo da Serra venceu com 523 pancadas, sendo 2º o Portosantense com 544 e 3º o Palheiro com 592.

Como a disputa do Campeonato Nacional de Mid-Amateurs, é em stroke play, a vitória agregada foi para a equipa do C.D.Santo da Serra, que somou 1.388 pontos, seguida do Palheiro Golf com 1.446, e do C.D.Portosantense com 1.493 pontos. Assim, a equipa do Santo da Serra estará em 2 e 3 de Junho no Campo do Vidago, para disputa do Campeonato Nacional desta especialidade.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fbshare type=”button”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

Pin It on Pinterest