CDU contra construção em zonas de risco

O partido vai alertar, na próxima reunião da Câmara Municipal do Funchal, para os riscos do licenciamento de obras em zonas consideradas de risco.

“O temporal de 20 de Fevereiro, com todas as suas implicações, deveria ter sido uma lição importante quanto à necessidade de planeamento e de salvaguarda destas questões relacionadas com a segurança das pessoas e bens”, apontou Énio Martins, hoje numa iniciativa política no Bairro da Ribeira Grande, sito na freguesia de Santo António.

O dirigente comunista reforçou, ainda, que durante décadas construiu-se “nas margens das ribeiras e em escarpas rochosas sem consolidação”, salientando que a catástrofe de 20 de Fevereiro “demonstrou” que nas áreas “em que houve construção sem planeamento é que correram os problemas mais graves”.

Énio Martins deu como exemplo desta “construção sem planeamento” a zona da Ribeira Grande, local onde foram construídas habitações junto da linha de água. “Não estamos contra a construção de habitação, estamos sim contra que esta seja feita em zonas de elevado risco de segurança para as pessoas e bens”, frisou.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [fbshare]

Pin It on Pinterest