CDU ‘contra brutalidade’ aos direitos laborais

O partido alerta que a recente aprovação das alterações ao Código de Trabalho provoca “graves prejuízos” aos trabalhadores portugueses.

“A alteração ao Código de Trabalho, aprovada na semana passada na Assembleia da República, é uma autêntica brutalidade. Como é possível que o Governo da República – PSD e CDS – consigam fazer alterações tão profundas que hoje representam um grande retrocesso em termos de direitos laborais adquiridos ao longo dos tempos?”, questionou Leonel Nunes, acrescentando que isto conduzirá ao aumento da precariedade laboral e ao aumento do desemprego, entre outros direitos.

O dirigente comunista anunciou, ainda, que a CDU vai apresentar esta semana, na Assembleia Legislativa, um voto de protesto “contra esta ofensiva” aos direitos dos trabalhadores. “Vamos ver qual vai ser a reação de alguns ‘camaleões’ que no parlamento regional têm um comportamento e depois na Assembleia da República têm outro”, observou.

Leonel Nunes aproveitou para condenar as declarações do presidente do Governo Regional, que este domingo “disse que subscrevia as políticas de austeridade da República”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest