Desgraça alheia não deve servir para promoção política

PS critica as políticas implementadas na Região e critica os atrasos da República.

Victor Freitas disse hoje, na freguesia da Serra de Água, que o Governo Regional deve deixar-se de lamentos e assumir as culpas na atual situação política. Naquela localidade em específico, uma das fortemente afetadas pelo temporal de 20 de Fevereiro, deixou ainda algumas questões sobre o dinheiro da Lei de Meios.

“Da Lei de Meios veio, para a Região Autónoma da Madeira, milhões e milhões de euros. O Governo Regional tem a responsabilidade de entrar com 300 milhões de euros nos compromissos, mas até o momento não o fez”.

O socialista, nestas declarações realizadas no âmbito da ação “Primeiro a Madeira”, mostrou-se igualmente constrangido com as atitudes dos políticos regionais. “Andam a inaugurar obras com o dinheiro alheio e o único objetivo que têm é aparecer na comunicação social”.

Para além do dinheiro que falta para a conclusão de muitas obras, decorrentes do 20 de Fevereiro, as famílias e as empresas desesperam pelas verbas acordadas no Plano de Ajustamento Financeiro para a Madeira. “Numa situação em que a economia está deprimida, era importante que esse dinheiro viesse com urgência”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]


PUB

Pin It on Pinterest