“Eco-escolas” permite que as crianças eduquem os pais [VÍDEO]

O projeto “Eco-escolas” que já existe há 10 anos tem permitido que sejam os filhos a ensinar os pais nas questões ambientais.

No âmbito da “Semana Eco-escolas” as crianças da Fundação Dona Jacinta de Ornelas Pereira, no Estreito de Câmara de Lobos, apresentaram um desfile de meios de transporte efetuados em materiais reciclados, nomeadamente, carros, autocarros, barcos, comboios, metros e aviões. Para o efeito foram utilizados os seguintes materiais: plásticos, madeiras, cartão, papel de jornal, latas, caricas, embalagens de cereais, entre outras. Para além deste desfile o infantário organizou uma exposição também com materiais recicláveis que estará patente durante toda esta semana na sala de convívio do fundação. Esta cerimónia de abertura da “Semana Eco-escolas” contou com a presença do secretário regional da Educação e Recursos Humanos, Jaime Freitas, do presidente da Câmara municipal de Câmara de Lobos, Arlindo Gomes, da vereadora da Cultura e do presidente da junta de freguesia do Estreito.

No final das atividades Jaime Freitas salientou a importância da “Semana Eco-escolas” chamando a atenção para o facto de haver “uma crescente envolvência de todas as comunidades educativas para a problemática da necessidade de proteger o ambiente”.

O governante referiu ainda que o projeto “Eco-escolas” permite que, em alguns casos, sejam as crianças a educarem os pais. “As crianças são um ótimo elemento condutor das mensagens e as famílias acabam por se envolver naquilo que é o mais significativo para as suas crianças e o que os faz mais felizes e há uma participação construtiva dos pais nos trabalhos do filhos”, concluiu.


[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest