MPT responsabiliza PSD e CDS pela crise na Madeira

O MPT vai encetar contactos com a população para explicar que são os responsáveis pelas dificuldades que a RAM atravessa.

O líder regional do MPT, João Isidoro, acusou hoje o PSD e o CDS de serem os partidos responsáveis pelo estado da economia e das finanças públicas regionais. No final de uma reunião da comissão política do MPT João Isidoro adiantou que o partido decidiu fazer uma campanha de esclarecimento junto da população para explicar quem são os verdadeiros responsáveis pela situação calamitosa que a Madeira atravessa. “Os responsáveis por esta situação são: em primeiro lugar o PSD e o Governo Regional que sempre governaram com maioria absoluta e levaram a Madeira a este estado grave do ponto de vista económico, financeiro e social. Em segundo lugar as medidas de austeridade do governo da República do PSD e do CDS com aplicação na RAM, e as medidas do plano de resgate assinadas pelo PSD e pelo CDS em Lisboa e pelo Governo Regional do PSD na Madeira”, frisou.

Desta forma, o Partido da Terra vai realizar contactos diretos com as populações e reuniões temáticas com associações “para dizer olhos nos olhos e com verdade quem são os verdadeiros responsáveis por esta situação”.

O MPT considera que a Madeira atravessa o pior momento da história da autonomia e que as famílias e a economia passam por muitas dificuldades devido às medidas de austeridade do governo da República e do Governo Regional.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest