“Instituições de solidariedade social devem ser valorizadas”

CDS pede ao governo que reconsidere os cortes às instituições de solidariedade social e educativas.

O grupo parlamentar do CDS/PP reuniu, esta tarde, com a direção do Centro Social e Paroquial de Santa Cecília. À saída do encontro o deputado centrista Roberto Rodrigues apelou ao Governo Regional para que reconsidere os cortes anunciados às instituições de solidariedade social e instituições ligadas ao ensino.

“Nesta comunidade estamos a falar de um conjunto de famílias que pela sua condição mais desfavorecida terão grandes dificuldades em suportar mais custos”, advertiu o parlamentar, salientando que se não houver uma “discriminação positiva as instituições de solidariedade social muitas correm o risco de fechar portas ou não vão poder prestar determinados serviços à comunidade”. É neste sentido, que os centristas pedem ao executivo regional que reconsidere os cortes e que exerça uma discriminação positiva para as referidas instituições.

“A discriminação positiva tem de ver vista com interesse porque estas instituições como é o caso do Centro Social e Paroquial de Santa Cecília conseguem fazer uma gestão de recursos muito melhor custando menos ao erário público”, observou.

Roberto Rodrigues defendeu ainda que estas instituições devem ser valorizadas porque é com elas que o governo pode “fazer um melhor apoio social e um maior apoio educacional junto das populações a um custo mais rentável para o orçamento regional”, concluiu.

 [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest