MPT critica atuação do Governo na educação

Jaime Silva, deputado do MPT, diz que o ensino regional está a perder qualidade.

O Movimento Partido da Terra (MPT) quer esclarecimentos sobre o encerramento da Escola da Nogueira, na freguesia da Camacha, assim como sobre o futuro dos alunos, dos docentes e dos funcionários daquele estabelecimento de ensino.

Jaime Silva disse, hoje pela manhã, que a medida prejudica seriamente a qualidade do ensino regional. “Se temos lutado pela qualidade da educação, é com 30 alunos numa turma de ensino primário que vai haver qualidade, sobretudo num meio heterogéneo como é o da Camacha?”.

A ação política serviu ainda para expressar as preocupações do partido com a alimentação nas escolas, uma vez que os fornecedores, dada a falta de pagamento do Governo Regional, estão a cortar o serviço prestado. “Como é que é possível chegar a este ponto quando são os próprios pais que pagam a maioria da alimentação nas escolas primárias?”, questionou.

O deputado do MPT deixou duras críticas à atuação do Governo Regional, através da Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos, por entender que estão a privilegiar serviços desnecessários em detrimento da educação e até mesmo da saúde.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]


PUB