Cristo em foco no próximo ano pastoral

D. António Carrilho anunciou hoje que o próximo ano pastoral terá como tema central ‘Jesus Cristo Caminha Connosco e Reparte o Pão’.

Milhares de fiéis assistiram hoje, ao final da tarde, à tradicional Eucaristia da Solenidade do Corpo de Deus , a qual decorreu junto à Igreja do Colégio. A celebração, que contou com a presença de diversas entidades civis e religiosas, entre as quais o presidente do Governo Regional, foi presidida pelo Bispo da Diocese do Funchal, o qual na homilia anunciou que o próximo ano pastoral será dedicado ao Filho de Deus.

“Irmãos na continuidade da dinâmica trinitária iniciada rumo aos 500 anos da criação da Diocese do Funchal, o próximo ano pastoral será dedicado ao Filho com o tema ‘Jesus Cristo Caminha Connosco e Reparte o Pão’. Graças a Deus a multissecular história religiosa e cultural da Madeira e do Porto Santo – as chamadas Ilhas do Santíssimo Sacramento – está marcada pelo rico património espiritual, evangélico e franciscano que privilegia um grande amor ao Santíssimo Corpo e Sangue de Nosso Senhor”, destacou D. António Carrilho.

O Bispo do Funchal avançou, ainda, “que, de acordo com o programa pastoral 2012/2013, e após a realização de inúmeras atividades paroquiais e arcebispais, teremos no final do ano pastoral uma grande assembleia diocesana, dando particular solenidade à Festa do Corpo de Deus precedida de um simpósio ou congresso eucarístico”.

No final da concelebração eucarística seguiu-se a habitual procissão do Santíssimo Sacramento, que percorreu as principais artérias da cidade do Funchal.

O percurso da procissão contou com os típicos e belos tapetes de flores em homenagem ao Santíssimo Sacramento, os quais resultaram do trabalho de uma série de pessoas provenientes das várias paróquias da Madeira.

À semelhança de anos anteriores, a procissão contou com a participação de diversos fiéis, onde se incluem: movimentos e associações das paróquias da diocese; confrarias do Santíssimo Sacramento; insígnias do Espírito Santo e saloias; crianças da primeira comunhão; escolas e colégios; religiosos , acólitos, seminaristas e sacerdotes; e algumas entidades regionais.

Registe-se que este é o último Corpo de Deus que se assinala como feriado nacional, uma vez que por determinação do Governo da República, através de negociação com a Igreja, o feriado religioso deixa de existir por um período de cinco anos (2013/2017). A festa religiosa do Corpo de Deus passa a ser celebrada no segundo domingo após o Pentecostes.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest