PAN reclama novo modelo de desenvolvimento

No Dia de Portugal o PAN vem alertar para a mudança do actual modelo de desenvolvimento económico, que diz ser insustentável.

O Partido pela Natureza e pelos Animais (PAN) realizou esta manhã uma iniciativa, na qual, chamou a atenção para a necessidade de Portugal e do mundo repensarem o actual modelo de desenvolvimento económico. “Nestes tempos de crise as pessoas querem medidas concretas para implementar numa economia verde, orientada para os valores que não unicamente o produtivismo e o consumismo, e nesse sentido é urgente repensar o nosso modelo de desenvolvimento económico porque nós não queremos o crescimento económico e o PAN reclama medidas concretas para isto acontecer”, reivindicou Rui Almeida.

O deputado único do PAN afirmou ainda que o seu partido não “quer celebrar um Portugal igual ou pior, queremos uma diferença, queremos uma mudança e isto é mesmo essencial para os dias de hoje e quando há muitos que dizem querer e ser a mudança e depois não sabem bem o que fazer na prática ao querem manter o actual sistema modelo económico de crescimento estão a condenar-nos, a manter-nos numa sociedade que destrói a natureza, é insustentável porque mercantiliza tudo e efectivamente afecta a nossa qualidade de vida”, alertou.

Rui Almeida defendeu a criação de um “novo Portugal, mais solidário, fraterno, baseado em valores éticos com uma vocação universalista que é aquilo que nos pode ajudar nestes tempos de crise”, concluiu.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest