79 milhões de euros pagos [VÍDEO]

A referida verba, referente ao PRODERAM, destina-se apoiar novos investimentos no sector agrícola.

O secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais presidiu esta manhã à cerimónia de celebração de 33 contratos de concessão de apoios financeiros, no âmbito do PRODERAM, a agricultores e empresas. Os referidos contratos, que se destinam a novos investimentos no sector agrícola, representam um investimento de cerca de 796 mil euros, sendo que o Governo Regional e a União Europeia atribuem uma ajuda a fundo perdido de 562 mil euros.

“Aproveitando que estamos praticamente a meio do Quadro Comunitário (2007/2013), posso informar que já foram pagos no âmbito do PRODERAM 79 milhões de euros. Por aqui se pode ver também a importância deste valor para as economias locais, dado que dinamiza vários sectores de atividade”, destacou Manuel António Correia.

O governante realçou, ainda, que até ao momento já foram aprovados cerca de 2300 projetos agrícolas, um número manifestamente superior ao anterior Quadro Comunitário que se cifrou nos 700.

Manuel António apontou também que os referidos apoios permitem garantir o crescimento e a modernização da agricultura, a redução das importações e o aumento de exportações de produtos agrícolas. “O objetivo é atingirmos um crescimento de 200 milhões de euros até 2020”, sublinhou.

O secretário regional frisou, ainda, que o governo está a apostar em força naqueles produtos agrícolas que a Região ainda importa em grande número. “Portanto, há aqui uma afinação e um trabalho concreto entre o mercado e a produção de maneira a garantir que esse crescimento é sempre feito com o que faz falta e não com aquilo que já estamos a produzir em grande quantidade”, indicou.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest