Polícia recolhe tampas para a Associação de Deficientes [VÍDEO]

Recolha de tampas de garrafas nas instalações policiais contribui para as ações da Associação de Deficientes.

A Associação de Deficientes da Madeira celebrou, hoje à tarde, um protocolo de cooperação com a Polícia de Segurança Pública da Madeira.

O objetivo é recolher tampas de garrafas nas instalações policiais e, desta forma, contribuir para as iniciativas da Associação de Deficientes, designadamente para a compra de cadeiras de rodas e de outro material ortopédico.

Filipe Rebelo, responsável pela delegação regional, agradeceu o empenho das forças policiais madeirenses, assim como de outras entidades que contribuem diariamente para a prossecução dos objetivos aos quais se propõem.

Só este ano, contas feitas, a Associação de Deficientes da Madeira já conseguiu recolher 30 toneladas de tampas de garrafas. Neste processo de solidariedade, conforme observou Filipe Rebelo, as escolas tem desempenhado um papel preponderante.

Oliveira Martins, Comandante da Polícia de Segurança Pública da Madeira, explicou que o protocolo celebrado vai ao encontro da política de responsabilidade social daquela entidade. Até porque, mais do que as ações de fiscalização ou de sensibilização, a polícia atua ao encontro das necessidades das populações.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest