Sistema educativo regional vai perder 120 turmas

80 turmas nos 2º e 3º Ciclos e no Secundário e 40 turmas no 1º ciclo, confirma o diretor regional de Administração Pública.

Jorge Morgado, diretor regional de Administração Pública, adiantou hoje, à margem da conferência “Órgãos de Direção e de Administração / Gestão da Escola: Da Teoria aos Práticos…”, que no próximo ano letivo vai haver uma redução de 120 turmas no ensino regional. Cerca de 80 turmas nos 2º e 3º Ciclos e no Ensino Secundário e 40 turmas no 1º ciclo.

Esta reestruturação no número de alunos por turma vai mexer igualmente com a contratação do pessoal docente. A Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos tem, neste momento, 7 mil professores nos quadros, sendo que 1768 são professores contratados.

“Números concretos só podemos dar depois das matrículas”, observou Jorge Morgado, mas é certa a redução dos professores contratados para a rede pública, porque o número de professores tem de responder às necessidades do sistema educativo. “Se haverá menos turmas, obviamente haverá menos professores”.

Acrescente-se que a conferência “Órgãos de Direção e de Administração / Gestão da Escola: Da Teoria aos Práticos…” decorreu no Liceu Jaime Moniz. Esta iniciativa pretende dar cumprimento aos propósitos que presidiram à criação e desenvolvimento do fórum – Administração e gestão escolares: perspetivas do atual modelo de autonomia, administração e gestão – atualmente em atividade no sítio da Direção Regional de Administração Educativa.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest