Bienal Internacional de Arte da Madeira na Casa da Luz

A Casa da Luz é um dos quatro espaços que vão receber exposições alusivas ao evento.

Depois de ontem ter tido lugar na Casa da Cultura de Santana a abertura oficial da 4ª edição da Bienal Internacional de Arte da Madeira (MIAB – Madeira Internacional Art Bienal), foi hoje inaugurada, no Museu Casa da Luz, a segunda das quatro exposições que integram o evento.

Recorde-se que a MIAB vai ocupar quatro diferentes espaços da Região, nomeadamente: Casa da Cultura de Santana; Museu Casa da Luz – Funchal; Centro Cívico do Estreito de Câmara de Lobos (inauguração dia 19 de junho); e o Centro Cívico da Ponta do Pargo (inauguração dia 27 de Junho).

“Os espaços apresentam quatro exposições distintas, da autoria de artistas da Madeira, Continente Português, Açores, Espanha, Itália, Polónia e Holanda”, frisou Manuel Barata, acrescentando que no seu todo irão estar em exposição, até 30 de julho, cerca de 100 obras.

O presidente da MIAB descreveu ainda que as diversas exposições “variam e balançam entre as várias disciplinas”, designadamente: fotografia, gravura e pintura.

A inauguração da exposição na Casa da Luz contou com a presença da secretária regional da Cultura, Turismo e Transportes, que na ocasião destacou o acervo artístico exposto e o facto da Bienal estar dispersa por diferentes espaços da Madeira.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest