Projeto da ARM poderá chegar a mais municípios

Até ao final deste ano poderão ser nove as câmaras municipais aderentes ao projeto da Águas e Resíduos da Madeira (ARM).

Até ao final de 2012, poderão ser nove as câmaras municipais da Madeira inseridas no projeto da Águas e Resíduos da Madeira (ARM), sendo que até ao momento são cinco as autarquias que já aderiram, designadamente: Câmara de Lobos, Ribeira Brava, Santana, Machico e Porto Santo.

O anúncio foi feito esta manhã por Pimenta de França, durante a apresentação do novo balcão de atendimento da empresa Águas e Resíduos da Madeira (ARM), sito no Mercado Municipal de Machico.

Porém, o presidente da Investimentos e Gestão da Água (IGA) não quis avançar quais serão as novas câmaras que irão juntar-se aos concelhos que já aderiram ao projeto da ARM, dando, no entanto, a entender que as autarquias do Funchal e de Santa Cruz não irão, pelo mesmo para já, aderir.

Tendo iniciado o seu trabalho em setembro de 2011, a ARM opera em três áreas distintas: águas; águas residuais; e resíduos.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest