‘Rodrigues deve usar a sua influência’

O MPT desafia o líder e deputado do CDS ‘a convencer’ a ministra da Agricultura a transferir os 26 milhões de euros que o Estado deve à agricultura madeirense.

O MPT deslocou-se esta manhã à freguesia do Porto da Cruz no sentido de alertar a Câmara Municipal de Machico e o Governo Regional para a necessidade de se construir alguns caminhos agrícolas naquela localidade, nomeadamente entre a zona da Cruz Quebrada e a Rocha Branca.

“Trata-se de uma zona com excelentes condições para a prática da agricultura, os terrenos são ‘chãos’, existe água de rega suficiente e uma área de 20 a 30 mil metros quadrados”, apontou João Isidoro, acrescentando que existem fundos comunitários para a construção de caminhos agrícolas, cujo os apoios a fundo perdido variam entre os 85% e os 95%.

O dirigente do MPT aproveitou a ocasião para desafiar José Manuel Rodrigues, líder do CDS e deputado Na Assembleia da República, que use a sua influência junto da ministra da Agricultura, tendo em vista o desbloqueio dos 26 milhões de euros que o Estado deve à agricultura madeirense.

“Esse dinheiro deve servir para a construção de caminhos agrícolas, tanques de rega e murros de suporte. Ou seja, queremos que os 26 milhões de euros sejam aplicados exclusivamente no apoio à pequena e média agricultura”, defendeu João Isidoro.

“O senhor José Manuel Rodrigues disse que ia continuar na Assembleia da República para defender os interesses dos madeirenses, tendo aqui uma excelente oportunidade de mostrar, em especial aos agricultores, que valeu a pena ter ficado na Assembleia. É preciso recordar que o senhor José Manuel Rodrigues não resolveu rigorosamente nenhum dos problemas que disse que ia resolver”, denunciou o dirigente do MPT.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest